Reflexão sobre o tempo/meta

Na infância, quando iniciamos os primeiros passos (ganhando autonomia), apenas queremos andar, correto?

Começamos a ter uma noção do nosso potencial (andar, correr, saltar, empurrar, puxar, etc.), que por sinal é maravilhoso, sempre que fazemos algo por livre e espontânea vontade, é gostoso, é legal... até uma caminhada, uma corridinha né?

Estive pensando, sempre que colocamos “metas” em algo divertido, deixa de ser divertido!

Irei usar a corrida como exemplo.

Podemos nos recordar sobre os primeiros passos na corrida, onde tínhamos apenas um tempo como referência, para dar um norte em relação ao início e término da atividade, correto?

Pois bem...

Hoje você tem como registrar o percurso de 5km ou 10 km, podendo detalhar cada 100 metros, com a tecnologia fazendo tudo (só faltando o ato de CORRER).

Minha profissão requer ajustes (personal trainer é quase um mágico nos ajustes de tempo), pois tentamos trabalhar em cima de um determinado tempo (60, 45, 30, 15 min...).

Como seria se pudéssemos iniciar nossos treinos, seja corrida, personal trainer ou outra atividade física sem nos preocuparmos com o tempo?

Sei que nos tempos atuais, tudo gira em torno do relógio.

Será que pra você, uma pessoa ativa, que corre duas ou três vezes na semana é tão importante controlar o “tempo” de corrida, “baixar tempo”?

Os atletas profissionais realmente vivem de “baixar tempo”, mas é a meta deles.

Qual é a sua “meta” com a corrida?

Tenha sempre em mente

Foco, Estratégia, Disciplina.

Sucesso e ótimos treinos

Marcelo Negrão

Personal Trainer

041996 G/SP

Fonte da imagem: acrediteounao.com

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square